sexta-feira, 28 de agosto de 2020

A inevitável rampa deslizante das lei da eutanásia - vídeo

Robert Clarke, da ADF International, explica a inevitável rampa deslizante  da legalização da eutanásia.
Neste video podemos conhecer o aumento do número de pedidos de eutanásia nos países que legalizaram a morte a pedido. A lei belga de 2002 permitiu novas emendas à lei inicial, em 2014 retiraram o limite de  idade autorizando que crianças possam pedir a eutanásia. Em 2017 duas crianças, de 9 e 12 anos, e um jovem de 17 anos pediram eutanásia na Bélgica.
No Canadá a lei chama-se de morte medicamente assistida, morre uma pessoa por eutanásia em cada três horas.
As leis de eutanásia na Bélgica, Holanda e Canadá vão contra o direito internacional que protege o direito individual à vida. Estes direitos estão inscritos na Declaração Universal de Direitos do Homem, depois das duas guerras mundiais os estados tiveram necessidade de pôr por escrito que a vida é preciosa e que a nossa dignidade não diminui com a doença ou a dor.


Sem comentários:

Publicar um comentário