sábado, 31 de dezembro de 2016

Uma definição por dia: obstinação terapêutica

A obstinação terapêutica corresponde à aplicação de todos os métodos, diagnósticos e terapêuticos, conhecidos com o objectivo de prolongar de forma artificial e inútil a vida do doente através de tratamentos desproporcionados e excessivos para o que deles se espera. Esta abordagem, também designada encarniçamento terapêutico, não é desejável pois corresponde a uma má prática médica.

Sem comentários:

Publicar um comentário